Arquivo da categoria: Trecho

…E o teu sorriso mal caberia na palma da minha mão. E me olharias devagar, descerrando as pálpebras e o coração. A pele dos teus braços e costas se envergaria sob as pontas dos meus dedos e um suspiro – ou vários – marcaria o compasso de ti.


…E se eu pudesse, lhe apertaria de leve as coxas e lhe faria voltar um pouco ao passado. E lhe beijaria os lábios quentes e lhe sussurraria nada aos ouvidos. E seria feito eu mesmo, sem beira nem eira. Apenas toque e respiração. E algumas palavras sujas entre outras tantas doces.


%d blogueiros gostam disto: