Arquivo do mês: outubro 2012

E eu escreveria até que se acabassem as palavras. E então inventaria novas.


Pensamento do dia

O tempo vai passando e eu vou chegando cada vez mais à conclusão de que sou apenas mais um bobo brincando de viver.


Cotidiano II (ou “Que me perdoe Chico Buarque”)

De manhã
calma, cuspida e roupa engomada
À tarde
carma, corrida e roupa amassada
À noite
cama, comida e roupa rasgada


Pensamento do dia

As pessoas ficam se perguntando sobre o sentido da vida sem se dar conta de quem define esse sentido são elas mesmas.

(Em 23/10/2012.)


Pensamento do dia

Alguns cultivam a humildade do saber; outros, a soberba da dúvida.


Pensamento do dia

Quanto mais passos, mais tropeços. O importante é não ficar parado.


Esta noite
sentei-me na sarjeta
e não esperava nada
nem mesmo o chorume que escorre
despretensioso
carregando os vãos e desvãos
da impiedade humana

Dediquei-me, sem fé
aos desvalidos da sorte
sem entranhas

Entreguei-me, de pé
à pulsão da morte
sem estranhas

concepções de vida pregressa
fixadas no inconsciente, mente

enxerguei os animais
aqueles que se aproximavam
inermes
estava são
verdadeiro
e cru

Balbuciei uns pensamentos
do fundo do olvido
e estava só, porém
cheio
das companhias estéreis
que murmuram as sombras do amanhã

Mas não esperava nada
de nada e de depois do nada
mas escutava algo, sim

Eram insetos

Incautos
orbitavam no entorno
do meu pescoço nu
em busca do sangue quente de outrora
mas este era frio

Um homem, em terno
tossia
os olhos vidrados
eu pouco me importava com seus passos
trôpegos
em melancolia via

Eu era vil
somente vil

irremediavelmente sóbrio


Pensamento do dia

Seja relevante, mas sem orgulho.


Pensamento do dia

Quando erramos e nos arrependemos ou enfrentamos situações difíceis, temos dois caminhos: a amargura ou o aprendizado.


Dito mineiro

O bom filho à casa entorna.


%d blogueiros gostam disto: